Tal como aconteceu com «o tempo das cerejas» (agora prosseguido aqui em http://otempodascerejas2.blogspot ), também «os papéis de  alexandria» que lhe serviam de suporte ou espaço de desenvolvimento deixou de estar online fruto da vingança de um burlão que, tendo-se apoderado da minha conta de gmail, se apoderou por essa via da administração daqueles dois blogues.

O novo «os papéis de Alexandria» nasce portanto com um objectivo similar embora seja de prever umas minhas grandes dificuldades em recolocar aqui as muitas dezenas de artigos de opinião ou crónicas escritas ao longo de várias décadas e que, a pouco e pouco, ia passando para este blogue.

De qualqer modo, à falta de melhor, celebro este pobre reaparecimento com o grande Miles Davis.

Anúncios